Proficiência em língua inglesa

Conforme aprovado na 90a. reunião da CCP, os candidatos ingressantes a partir do edital 01/2018 (Mestrado) e 01/2018 (Doutorado) deverão apresentar comprovante de proficiência na língua inglesa  indicada no edital publicado no Diário Oficial. Os candidatos podem apresentar certificados obtidos há cinco anos, desde que válidos no momento da inscrição.
Mestrado: 480 pontos no teste TOEFL ITP, ou 65 pontos no TOEFL iBT, ou 5,5 pontos no teste IELTS, ou grade C ou superior no Cambridge FCE, ou 50 pontos no Bulats.
Doutorado:
530 pontos no teste TOEFL ITP, ou 75 pontos no TOEFL iBT, ou 6,0 pontos no teste IELTS, ou grade B ou superior no Cambridge FCE, ou grade C ou superior no Cambridge CAE, ou 65 pontos no Bulats

 

Os candidatos aprovados no processo seletivo (edital 01/2017 – Mestrado) deverão demonstrar proficiência na língua inglesa em até 18 meses contados a partir da data da matrícula. A CCP, na sua 83a. reunião realizada em 21/10/2016 deliberou a seguinte pontuação mínima:  450 pontos no teste TOEFL ITP, ou 55 pontos no TOEFL iBT, ou 5,5 pontos no teste IELTS e teste Cambridge ou superior (CAE ou FCE).

Os alunos que devem apresentar a proficiência descrita acima são:
Felipe Calsavara (entregue)
Cássio Vinícius Carletti Negri (entregue)
Daniela Corassa Garcia
Gabriel Ramos
Júlia Patrocínio da Silva Cocozza Simoni
Juliana Mitsuyama Cardoso (entregue)
André Borgato Morelli
Daniela Vanessa Rodriguez Lara e
Samuel de França Marques

Demais alunos devem atender ao exames e pontuação que constam no edital de ingresso no Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Transportes.
Alunos estrangeiros devem realizar também proficiência em língua portuguesa conforme edital de ingresso ou Regulamento do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Transportes.
O encaminhamento dos certificados para a Secretaria deve ser realizado via formulário (ver aba de “Formulários”).